Ganha um link para este blog quem adivinhar de quem é a agenda abaixo na primeira tentativa

Tania Pacheco

A agenda abaixo, relativa ao dia de hoje, pertence ao presidente de um órgão do segundo escalão do atual Executivo.  No intuito de contribuir para a transparência e para a divulgação da seriedade, competência, coerência, ética objetividade ou quaisquer outras palavras destituídas de fundamento que você, leitor/a, quiser escolher, optamos por divulgá-la. Mas não só: para garantir o seu interesse e leitura, estaremos premiando todas as pessoas que acertarem a quem ela pertence na primeira tentativa com um link para este blog!  (mais…)

Ler Mais

Uberização do trabalho: subsunção real da viração

O Uber torna evidente a tendência de transformação do trabalhador em microempreendedor e em trabalhador amador produtivo. 

Por Ludmila Costhek Abílio, no blog da Boitempo

  1. Entre salões e apps

Em outubro de 2016, o governo de Michel Temer sancionou uma lei que passou desapercebida nos embates sobre as terceirizações. A lei “Salão parceiro – profissional parceiro” desobriga proprietários de salões de beleza a reconhecerem o vínculo empregatício de manicures, depiladora(e)s, cabelereira(o)s, barbeiros, maquiadora(e)s e esteticistas. O estabelecimento torna-se responsável por prover a infraestrutura necessária – os demais trabalhadores seguem sendo reconhecidos como funcionários – para que suas “parceiras” e “parceiros”, agora legalmente autônomos, realizem seu trabalho. Assim, aquela manicure que trabalha oito horas por dia ou mais, seis vezes por semana, para o mesmo salão, poderá ser uma prestadora de serviços. (mais…)

Ler Mais

Papa diz que povos indígenas devem ter a palavra final sobre suas terras

No século XV, as bulas papais promoveram e forneceram uma justificativa legal para a conquista e o saqueamento das terras e recursos dos povos indígenas – cujas consequências são sentidas ainda hoje. O direito à conquista em uma tal bula, Romanus Pontifex, emitida por volta de 1450 quando Nicolau V era o papa, foi dada em caráter perpétuo.

David Hill* – The Guardian / IHU On-Line

Mas o tempo muda. Na semana passada, mais de 560 anos depois, Francisco, o primeiro papa latino-americano, deu um tom bem diferente: pôs-se a favor dos povos indígenas ao redor do mundo, a favor do direito à terra (algo que possui um significado prático), e pôs-se a favor de uma melhor relação com o meio ambiente. Publicamente disse que os povos indígenas têm o direito ao “consentimento prévio e informado”. Em outras palavras, nada deveria acontecer nas – ou impactar suas – terras, territórios ou recursos a menos que concordem. (mais…)

Ler Mais

O Projeto do Governo Temer de “Vender o Território do Brasil”

“Aquilo que era apernas em meados de 2016 uma proposta do bloco mais conservador dos ruralistas do Congresso (Projeto de Lei 4.059-2016), aparece agora com toda estridência como tábua de salvação do governo – vender a toque de caixa parte significativa do território do Brasil, incluindo zonas de fronteira, ao capital estrangeiro, com o objetivo declarado de fazer caixa a um muito mal explicado programa de ‘investimento’ estrangeiro”, alerta Guilherme C. Delgado, doutor em Economia pela Universidade Estadual de Campinas – Unicamp

IHU On-Line

Vai completar em abril o primeiro ano do governo Temer, somados os tempos da interinidade com a fase do pós-“impeachment”. Nesse período integral, sem qualquer constrangimento, o governo vem executando desde o primeiro dia, aquilo que estava programado como estratégia de desconstrução da ordem social e política da Constituição de 1988, tudo previsto no documento “Ponte para o Futuro” , cujo título como se percebe nesta era da pós-verdade, está invertido. (mais…)

Ler Mais

Defender a Mãe terra, um programa político para toda esquerda latino-americana. Entrevista especial com Katu Arkonada

Por: João Flores da Cunha | Tradução: Evlyn Louise Zilch | Edição: Márcia Junges – IHU On-Line

Na América Latina, a luta por direitos básicos para melhorar a vida das pessoas ainda é uma constante. Enquanto isso, no Norte abastado, aumenta o consumo de artigos luxuosos e o extrativismo predatório, “aquele que acontece nos EUA ou na Europa por fracking ou pela construção de trens de alta velocidade”, acentua Katu Arkonada, membro da Secretaria Executiva da Rede de Intelectuais em Defesa da Humanidade, que vive e trabalha nessa realidade. (mais…)

Ler Mais

Asesinatos de líderes sociales: el eterno retorno de la muerte

Por José Hilario López Rincón – Servindi

Entre el 6 de enero y el 4 de febrero de 2017, es decir en menos de un mes, ocho líderes sociales fueron asesinados en diversos y distantes sitios del país: Edilberto Cantillo, el 4 de febrero en El Copey, Cesar; Porfirio Jaramillo Bogallo, el 29 de enero en Turbo, Antioquia; Hernán Enrique Agamez Flórez, el 19 de enero en Puerto Libertador, Córdoba; Emilsen Manyoma, el 14 de enero en Buenaventura, Valle del Cauca; Edmiro León Alzate Londoño, el 12 de enero en Sonsón, Antioquia; José Yimer Cartagena Úsuga, el 10 de enero en Carepa, Antioquia; Aldemar Parra García, el 7 de enero en El Paso, Cesar; y, Olmedo Pito García, el 6 de enero en Caloto, Cauca. (mais…)

Ler Mais

Indígenas en el Putumayo ganan batalla contra proyecto petrolero

Servindi

La Corte Constitucional falló a favor de comunidades indígenas del Putumayo en una acción de tutela interpuesta contra las licencias otorgadas para el inicio de un proyecto petrolero.

La acción fue interpuesta por el Resguardo Indígena Alto Lorenzo de Puerto Asís y la Asociación del Consejo Regional del Pueblo Nasa del Putumayo contra el Ministerio de Minas y Energía, Ingeominas, la Autoridad Nacional de Licencias Ambientales (ANLA), Ecopetrol S.A., entre otras instituciones. (mais…)

Ler Mais

Pau grande, mas subjugado: vai ter preto humilhado sim

Do estereótipo do “bem dotado” à marginalização, o Brasil mostra ser o país do escárnio e da violência

por Djamila Ribeiro — CartaCapital

Escrevi diversas vezes sobre o modo pelo qual a população negra é desumanizada. Desde representações que a colocam como inferior, violenta e objetificada até a violência que extermina um jovem negro a cada 23 minutos. Julgo importante discutir representação, pois a imposição dessas imagens justifica inclusive a morte. Não à toa homens negros são os principais suspeitos e alvos da polícia. Debater racismo é mais amplo do que se pode imaginar, pois as violências se dão das mais variadas formas. (mais…)

Ler Mais

‘Ser golpista’, a credencial de Moraes para o STF

Se aprovado, Moraes ocupará o cargo até, pelo menos, 2043, legislando e criando jurisprudência sobre questões fundamentais da vida nacional

Tatiana Carlotti – Carta Maior

Desonestidade intelectual, truculência no trato com a sociedade civil, incompetência na gestão de cargo público e, claro, ser golpista. Eis as credenciais salientadas sobre Alexandre de Moraes, na tribuna democrática do Largo São Francisco, na noite desta segunda-feira (20.02.2017). (mais…)

Ler Mais